domingo, 10 de outubro de 2010

#136 Happiness (1998)

imagesCASA41Z5

8 comentários:

noiseformind disse...

Um filme demasiado sincero, como dinamarques O Banquete, que o precede em dois ano (tera ido a tempo de servir de inspiracao? Sem ser tao dramatico, este filme junta tudo o que procuro numa pelicula, como o infelizmente apenas numa sala do Porto "uma familia moderna". Que deve ser visto nas sessoes mais tardias, para se poderem ouvir os risos histericos da bichanagem :)

Dora disse...

Os filmes de familias disfuncionais são os meus preferidos. Este filme é muito bom mesmo. A gaja que faz de "Joy" é demais (é a pimp no Hung).

As cenas do P.S. Hoffman a masturbar-se ao telefone para cima de postais na parede...lindo!

noiseformind disse...

"You're a lesbian? Alright, I like Lesbian" looooooooooooooooool

Mas a cena do terapeuta a olhar pedofilicamente para o filho da namorada e a conversa que ele tem a seguir com o filho...

http://www.youtube.com/watch?v=M4TGxog_wTY&feature=related


A cena de sexo subito quando o Hoffman desmaia com a gorda por cima tb da muito que pensar: as vezes so quando estamos mesmo desmaiados e inconscientes e que deixamos as pessoas aproximarem-se de nos. Por isso e que nessa altura convem estar rodeado de quem nos aprecia.

noiseformind disse...

Life during war time, apesar de Happiness ser muito, muito, muito bom consegue ser melhor. Se calhar porque a sociedade ja permite meter 5 milhoes de dolares num filme ousado.

noiseformind disse...

Life during war time e a sequela de Happiness

Dora disse...

Vi o "Life during war" há umas semanas e gostei logo. Se é a sequela oficial não me pareceu, mas assim que ele surja, vou vê-lo.

Adoro o pai pedófilo. O gajo entrou agora nuns episódios da Season 1 da The Good Wife...o gajo kinky que, alegadamente, mata a mulher.

King Mob disse...

Este foi o primeiro filme que me lembro que tive que fazer um esforço quase sobrehumano para não sair da sala do cinema antes de acabar lol
Acho que ainda hoje foi o mais difícil de aguentar até ao fim.
Fiquei vacinado contra filmes do Todd Solondz.

Dora disse...

King Mob: Não posso! A sério? Este filme é bom, bom, bom!
É um "American Beauty" mais raw!